You are currently browsing the category archive for the ‘Humor’ category.

Diz Todd Akin, membro do Comité de Ciência (!) do Congresso americano, candidato ao senado do seu país e opositor do direito à interrupção voluntária da gravidez, acrescentou que “se alguma coisa falhar [nas formas que o corpo da mulher supostamente tem para resolver a questão] deve haver alguma punição [leve, pois claro, que as mulheres já sabemos o que são: umas provocadoras de impulsos imorais e irracionais nos homens, coitadinhos, tal como os fanáticos islâmicos afirmam há muitos anos], mas uma punição para o violador [e para a provocadora não?] e não um ataque à criança”, também conhecida pela comunidade médica como embrião ou feto.

Chamo finalmente a atenção para a primeira parte do título. “Se for uma legítima violação”, se for uma violação ilegítima (?) o corpo já não tem “formas” para resolver o problema, porque o corpo sabe quando foi legítima ou ilegitimamente violado, logo – sei lá, não sei bem como acaba esta ilógica argumentação.

E será que o senhor é a favor ou contra o direito à interrupção voluntária da gravidez em caso de malformação da criança? Espero que também seja contra ou então eu suspeitaria de defesa da eugenia.

Anúncios

A minha gata Mia, ao contrário de todos os outros gatos que conheço, dorme sempre num sítio diferente. Antes do pequeno-almoço, o grande desafio é descobrir onde dormiu ela a noite. Para além disso, tem um outro talento extraordinário o de detectar, sem margem de erro nenhuma, o local mais quente da casa para dormir… Aqui vai um exemplo:

ah

e com isso elevar o nível de vida dos outros países!” Esta belíssima e altamente lógica ideia foi mesmo dita por alguém na Tv americana.

Vejam o hilariante vídeo do Jon Stewart, dado que a minha inépcia não me permite colá-lo aqui, como devia ser. IMPERDÍVEL!

(Via o meu agente noticioso preferido: Quinta do Sargaçal)

Explicado por Betty Bowers, oficialmente a “Melhor Cristã da América”:

Sítio oficial: http://www.bettybowers.com/

Obrigada, Pilantra 😉

Tudo o que uma mãe diz a um filho em 24 horas, condensado em 2 minutos e 55 segundos:

Lembrei-me deste vídeo hilariante graças à minha amiga E. e publico-o com dedicatória: à T. e ao E. e à J., que há-de nascer brevemente e que há-de cá vir ver este vídeo um dia para comparar cromos com as coisas que a sua mamã lhe dirá… 🙂

Palin is the guy!