O medo devora a alma,  diz-nos Fassbinder com absoluta razão. Mas não é só o medo: o trabalho também a devora.

Anúncios