O Parque Nacional Peneda-Gerês, apesar  de ser uma área protegida por lei,  nem sempre é devidamente tratado com o necessário cuidado e amor pelos seus visitantes, como muito bem o sabem aqueles que o conhecem. O modus operandi do visitante de ocasião é este: segue (se tudo correr bem) os trilhos marcados com o seu farnel no lombo e almoça/janta contemplando a beleza e o silêncio das montanhas. Depois regressa a casa tão cansado de beleza (só pode ser essa a explicação) que resolve deixar no Gerês o seu contributo para a porcarização da Serra. É possível encontrar sacos plásticos, latas e embalagens nos sítios mais inacreditáveis! Pensaraão, os porcalhões, que por ali passará o carro de recolha do lixo?

O Rui Barbosa, depois de uma experiência inacreditável no ano passado, voltou à carga este ano, mas desta vez o PNPG já considera a coisa uma boa ideia, provando que a persistência compensa 🙂 .

Ora, vamos lá então limpar o Gerês, no dia 5 e 6 de Setembro. Não é necessário inscrição, mas é aconselhável; convém também levar luvas de trabalho e sacos plásticos. Mais informações: blogue CARRIS .

Anúncios