se tiver sorte, há-de aparecer nos livros de história assim:  Salgueiro Maia foi um dos mais destemidos e ilustres capitães de Abril, tendo tido uma relevante e excepcional responsabilidade no bom curso do golpe de 1974.

Uma pequena curisosidade: quinze anos depois do golpe, um primeiro-ministro (um tal Cavaco Silva) recusou conceder-lhe uma pensão por serviços excepcionais e relevantes à pátria, ao mesmo tempo que concedia a mesma pensão a dois excepcionais colaboradores pidescos do regime fascista.
Anúncios